quarta-feira, 29 de novembro de 2017

Renato Gadelha sugere que deputados direcionem emendas para custeio de comarcas com risco de extinção



                  O deputado Renato Gadelha (PSC) voltou a defender o diálogo como forma de se chegar a um consenso que equacione necessidades dos poderes e disponibilidade financeira na Lei Orçamentária Anual. Durante discurso da Tribuna da Assembleia, Renato fez uma sugestão aos colegas parlamentares.

                  “Entendo que uma forma de contribuirmos com a questão orçamentária seria destinar nossas emendas para o custeio das comarcas que poderiam ser extintas. Desta forma, além de destinarmos mais recursos para o TJ, acabaríamos com o risco de populações inteiras tenham dificuldade de acesso à justiça”, afirmou Renato Gadelha. Apesar de as emendas dos parlamentares não serem impositivas, a LOA destina uma parte dos recursos para este fim.


                  Renato defende o entendimento entre deputados como forma de garantir que todos destinem as emendas e que estas sejam acatadas pelo Executivo. “Temos que dialogar. A conversa é sempre o melhor caminho. Podemos, inclusive, chegar a uma solução melhor do que a que acabei de propor. O que não podemos é prolongar esta discussão que não ajuda em nada”, finalizou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário